terça-feira, 4 de março de 2014

O INFINITO EM DUAS VOLTAS

Nono romance solo de Diedra Roiz
Escrito entre 14 de Janeiro e 19 de Junho de 2014.
Postado entre 04 de Março e 19 de Junho de 2014.

OBS IMPORTANTE: 
A história não está completa, disponibilizamos apenas os três primeiros capítulos para degustação. 


PLÁGIO É CRIME! NÃO COPIE, CRIE! 
Este texto está registrado no Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.
Registro nº 655864.
Todos os direitos reservados. 

Proibida a reprodução, adaptação, disponibilização para download, impressão, cópia ou postagem em qualquer local, no todo ou em parte, através de quaisquer meios, sem a autorização da autora por escrito. 
Lei de Direitos Autorais nº. 9.610/98



Lembrando que... Copiar o texto e apenas trocar o nome das personagens ou detalhes da história não é fanfiction, muito menos adaptação, é plágio. E plágio é crime! Por favor, não façam isso, ok?



SINOPSE 
Em 1988, aos 17 anos, Júlia e Carla compartilharam e vivenciaram juntas a descoberta do amor, do sexo, da paixão entre duas mulheres, em uma época em que não só não se falava sobre isso como quase não se tinha informação alguma. 
Escolhas e opções distintas acabam por afastá-las, levando-as a universos e vidas que não se tocam. Nada que uma nova curva do destino não possa simplesmente entrelaçar... Vinte e cinco anos depois.


Os direitos autorais desta obra foram adquiridos pela Editora Vira Letra, que irá publicá-la em versão impressa (livro) e digital (ebook), por isso a história não está mais disponível na íntegra. 


OBSERVAÇÃO SUPER IMPORTANTE:  
Este não é um "romance musical", mas recomenda-se ouvir as músicas que inspiraram os capítulos pra "entrar no clima" deliciosamente anos 80 da história... 


PLAYLIST COMPLETA NO YOUTUBE:


PLAYLIST COMPLETA NO SPOTIFY:





OBS IMPORTANTE: 
A história não está completa, disponibilizamos apenas os três primeiros capítulos para degustação. 

20 comentários:

  1. - O Infinito em duas voltas – Novo conto de Diedra Roiz...
    Isso vocês já sabem né? Não é novidade, mas vou contar uma:
    Desde a primeira história que li dela, fiquei assim... Apaixonada.
    Primeiro pelas personagens, pela história... Sempre inusitada...
    Mais tarde, ou mais cedo... Por ela.
    Mas isso não vem ao caso... Quero dividir com vocês algo que senti hoje ao ler um trecho...
    Ainda cru, ainda sendo desenhado, ainda quase...
    Chorei...
    Talvez identificação, talvez empatia... Talvez nostalgia...
    Lindo... Aguardem.
    O Infinito em duas voltas, de Diedra Roiz... Em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, minha linda...
      Ver vc chorando ao ler algo que eu escrevi... É mais, muito mais do que eu jamais imaginei, esperei, desejei...
      Eu te amo!

      Excluir
  2. Boa tarde Diedra e Wind, vou confessar a vocês que já estava anciosa por mais está estória, depois que li esse comentário da Wind, já está começando a me dar Ataque Cardiaco kk. Tá bem é um pouco de exagero confesso, mas, pelo que ela comenta sobre a nostalgia que existe na estória me deixou animada e muito mais anciosa.
    Meninas um super abraço para as duas e que venha O INFINITO EM DUAS VOLTAS para nos surpreender também.
    Diedra de antemão quero parabenizá - la por mais esse trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janislei!
      Td bem, linda?
      Nossa, eu ainda nem divulguei o site e vc já está por aqui? Que rápida! kkk
      Como vc descobriu???
      Espero sinceramente que vc goste, confesso que estou adorando escrever essa história... Nostalgia total, ah...
      Me diz uma coisa: onde vc estava em 1988? (Já tinha nascido? kkkk)
      bjo muito mais que ultra giga hiper super imensamente mega anos 80!

      Excluir
  3. Que coisa mais linda o comentário da Wind, que aliás, só serviu para aguçar a curiosidade e aumentar a ansiedade. Aguardando ansiosamente por mais essa viagem!

    ResponderExcluir
  4. Olá Diedra, tudo bem? Estou aqui na expectativa por essas personagens, que sempre me emocionam, que me identifico e que provocam algumas mudanças na minha maneira de ver o mundo e as pessoas. Sou grata ao "acaso" que me fez conhecer seu trabalho, que me fez admirar sua pessoa. Bom, obrigada por dividir esse seu Talento conosco. Que venha O Infinito em Duas Voltas.. ( estou ansiosíssima por mais esse...rs).. beijão e felicidades sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luh!
      Td bem?
      Obrigadíssima, linda!
      Espero que tenha curtido o primeiro capítulo!
      bjo imenso no seu coração!

      Excluir
  5. Lembro quando descobri Marcela e Vivi, faz tempo. Passei um tempo sem ler tuas estorias, na ultima semana li todas que me faltavam, me apaixonei por cada uma delas, me emocionei e ri. Espero anciosa por mais essa leitura que com toda certeza será espetacular.

    ResponderExcluir
  6. A Primeira vez que eu li um texto teu foi lindo, me apaixonei logo de cara pelas personagens. Lembro sempre da estória de Vivi e Marcela, que admito ser o meu preferido, o que mais me emocionou. Todos os outros também me emocionaram. Na ultima semana voltei a ler teus textos como a muito não fazia. E digo o que é certo, não sei por que me deixei ficar tanto tempo se ler. Teu talento é extremo nos prende e faz nos entregar a leitura não querendo mais parar. Diedra, aguardo ansiosa por mais essa viajem que você vai nos proporcionar e que com toda certeza será de grande sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dali, sua linda!
      Obrigadíssima, viu?
      Espero que vc goste desse INFINITO...
      bjo muito mais que ultra mega hiper giga!

      Excluir
  7. Minha querida amiga!
    Quando recebi seu email e vi a chamada para esse novo conto, confesso que fiquei arrepiada. Perguntei-me: o que eu estava fazendo em 88? Nossa! Eu não tinha nem dez anos, e foi impossível não pensar nas músicas, nas brincadeiras, nos programas de tv. Total nostalgia seria pura coincidência! Rsrs Adorei o trocadilho entre o título, a imagem e a pergunta. Vc sempre pensando em tudo, cuidando dos mínimos detalhes. Estou de volta e vou devorar cada palavra sua. Vc arrasa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pat!
      Amigaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
      Que bom te "ver" por aqui!
      Eu tinha 17 anos em 88... kkk
      Super me identico com as personagens, essa história me trouxe um fluxo poderosíssimo de recordações... Escrevi os flashbacks assim, emmeio a saudades, lembranças, nostalgia... Estou escrevendo movida unica e exclusivamente por músicas dos anos 80 (eu nem gosto, né?).
      Espero que vc acompanhe, será um prazer indescritível, viu?
      Saudade de vc!
      bjo muito mais que ultra mega hiper suuuuuuuuper imensamente especial e infinito no seu coração, lindona!

      Excluir
  8. Diedra, acessei sua página e tive a feliz surpresa de me deparar com o primeiro capítulo de "O infinito em duas voltas". Nem preciso dizer que já estou ansiosa para ler todos os capítulos, acompanhar cada um deles com o coração a mil.

    Em 1988 eu tinha 21 anos e cursava o penúltimo ano da faculdade, já havia aberto a cortina do mundo pra mim, muitas paixões, um amor e muitas idéias...

    "Quando nem Freud explica, tente a poesia"... e é isto que eu acho que você faz em seus textos, poesia.

    Também aproveito pra te dizer que li seus dois livros neste feriado e em especial saboreei o "o livro das mentiras e dos medos", adorável em todos os sentidos e todas as intensidades, principalmente quando cheguei nas últimas páginas e achei que daria um final previsível de amargura e separação e você contornou e arrematou a história com um final feliz. Amei. Bj. Eliana C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana!
      Td bem, linda?
      Obrigadíssima!
      Muito bom saber sua opnião sobre O LIVRO SECRETO... Tenho um carinho especial por Vic e Jaque... Saudade delas...
      Espero que também goste do INFINITO! Nesse momento estou aqui, imbuída de Carla e Júlia...
      bjo muito mais que ultra mega hiper suuuuuuuuuper imensamente gigantesco no seu coração!

      Excluir
  9. Boa tarde querida.Nossa,primeiro capítulo arrepiante.Já imagino o que está por vir.Lembro bem a primeira vez que lí um contp seu,amor a primeira palavra.Me apaixonei por Marcela e Vivi e me ví mega feliz quando você mencionou o nome do bar de Rock que eu frequento(Bar do Blues).Pelo que vejo esta será mais uma história arrepiante.Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris,
      Sua linda!
      Que bom te "ver" por aqui!!!
      Vc ainda vai no Bar do Blues? E continua o mesmo?
      Marcela e Vivi deixaram saudades, né?
      Não sei se vc tá sabendo, mas vai virar livro... Revisado, com cenas inéditas e ilustrações... Em breve! Muito mais do que vc imagina! kkk
      Espero que goste de Júlia e Carla, eu tô curtindo demais escrever essa história, viu?
      bjo super mega imensamente hiper ultra especial e gigantesco!

      Excluir
  10. Vagando pela madrugada a fora me deparei com "Amor as avessa!", dai nao consegui mais dormi, pra minha sorte era uma noite de sabado! Nao consegui mais sair da frente do pc, quando me dei por mim ja estava lendo " Amor a qualquer preco." e tendo raiva da Marcela por ter traido a ruiva mais linda que eu ja "li", fico imensamente feliz por saber que vai se torna livro. Gostaria muito em poder ganha um autografo. Sou muito fa do seu tranbalho. Parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste de O INFINITO EM DUAS VOLTAS!
      E pode deixar que vc terá AMOR A QQ PREÇO autografado, viu?
      bjo imenso no coração!

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante!